GAME OF WOD

MAIS QUE UMA COMPETIÇÃO, COMUNHÃO DE INDIVÍDUOS COMPARTILHANDO EXPERIÊNCIAS.

Tudo começou em dezembro de 2017, a Stark  contava com poucos meses de atividade, porém já possuía diversos alunos empolgados com a nova modalidade na Região. Muitos desses alunos já demonstravam um certo nível de habilidade e anseio em colocar a prova todos os ensinamentos aprendidos até o momento.

Por que não criar uma competição interna? Eis que surge o “Game of Wod”, o evento foi montado a partir de uma lista de alunos interessados em competir, continha apenas uma categoria, cada equipe era formada por 3 pessoas (2 homens e 1 mulher) e cada equipe foi pensada indivíduo por indivíduo, habilidade por habilidade, fraqueza por fraqueza pelo Coach.

No primeiro momento, muitas dúvidas surgiram sobre a receita do campeonato, balanceamento dos Trios, nível de desafio dos Wod’s. Porém, bastou apenas soar o apito do relógio, sendo assim, dada a largada para o primeiro desafio, que todas as incertezas ali se foram. O nível do campeonato foi muito bem balanceado, as dificuldades dos Wod’s foram bem aplicadas e a satisfação em competir estava estampada no rosto de cada Atleta.

Hoje, segundo semestre de 2019, estamos caminhando para nosso terceiro Game of Wod, aprendemos com os nossos erros e elevamos o nível dos nossos acertos a ponto de criar um evento com diversas categorias e divisão de gêneros. Hoje o campeonato conta com algumas empresas parceiras que nos auxiliam a realizar um evento com Kit de atleta e medalhas para todos os participantes e com premiações mais elaboradas para os melhores colocados de cada categoria.

Há quem diga não gostar de competir! Outros que estão no esporte apenas para ficar com o corpo em dia. CROSSFIT é um esporte democrático e tem espaço para todos, sem restrição de idade, tamanho, peso, etc., porém todos concordam em uma coisa: O Esporte é uma fábrica de amizades, uma comunhão de pessoas com objetivos e ideais em comum. E o campeonato nada mais é, do que uma forma de consolidar as bases desse alicerce chamado “FAMÍLIA”, e com todo o respeito, a nossa FAMÍLIA é foda!

Uma mensagem de “Até Breve”.

Espaço destinado aos alunos que optaram por compartilhar suas experiências, superações, expectativas e quebras de limites no CROSSFIT.

Esse é o relato da experiência da nossa aluna Meiriele Tavares Araujo, chegou de mansinho e toda desconfiada. Aos poucos foi se soltando, se sentindo em casa, e confiando em nosso trabalho. Deixando uma linda mensagem de “Até breve”:

… “Gostaria de agradecer a FAMÍLIA STARK! Vocês são muito mais do que um box de CROSS FIT!!! Não é igreja, mas me sinto na obrigação de fazer um testemunho kkkkk. Quando minha amiga @angelaMaria entrou no CROSS FIT, ela estava insuportável, Tudo era CROSS FIT kkkkkk, e em janeiro de 2018 resolvi fazer as aulas experimentais. Fiz as 3 seguidas, e depois comecei a comprar aulas avulsas pelo Gympass.

Nesse momento da minha vida, tomava 2 remédios para dormir e 2 remédios para acordar devido ao transtorno de ansiedade desenvolvido em 2011. Resolvi então pagar um pacote Trimestral, e em seguida renovando para um pacote Semestral, que finaliza agora em Dezembro de 2018. Nesse meio tempo, convivi com muitos de vocês, e desenvolvi um carinho especial @anapaula, @Thiago Figueredo, @Thiago Andrade, @Renato Almeida e @victoria chaves. Conheci a nutróloga Dra.Míriam Geogetti que me deu um choque de realidade, triglicérides, colesterol e percentual de gordura nas alturas, isso em agosto de 2018. Após acompanhamento e retorno em Outubro de 2018, já havia uma melhora significativa de saúde e o melhor, estava fazendo uso de apenas 1 medicação pela manhã. Hoje ao competir no GAME OF WOD 2, comemorei meu primeiro dia em 7 anos sem tomar nenhuma medicação controlada, percentual de gordura e exames excelentes, e pela primeira vez, participando de uma competição de CROSS FIT. Plagiando o meu Coach, “Foi incrível”, e me despeço de todos vocês com um aperto no peito, mas com a certeza que vocês fizeram diferença em minha vida! Obrigado a todos pela amizade.”

Estamos esperando ansiosamente o seu retorno Meire, saiba que ficamos extremamente gratos pela confiança em nosso trabalho, pela amizade e companheirismo. Deixamos o nosso voto de sucesso para sua nova jornada, e saiba que pode contar sempre com essa FAMÍLIA.

STARK.

Tutorial para Iniciantes.

Siglas, abreviações, todos os nomes que você precisa saber para não se perder no seu primeiro dia de aula

Sabemos que é a atividade que mais cresce no mundo, ganhando milhares de adeptos a cada dia. O esporte trás novas modalidades, movimentos, exercícios que a grande maioria das pessoas nunca ouviram falar ou praticaram. E juntamente com essas novidades, seus nomes também são desconhecidos para os aspirantes a atleta. Levando em consideração todos esses aspectos, vamos procurar explicar todos os significados dos principais movimentos exercidos no dia a dia do nosso BOX. É também uma forma pensada por nós, para que a inclusão no esporte aconteça de forma natural, e que evolua à medida em que o aluno se assemelha aos movimentos.

O desafio já começa ao assimilar os nomes dos movimentos, tipos de treinos e termos que são usados. Para que você não fique se achando um extraterrestre, segue a explicação dos nomes mais comuns utilizados:

 

  • BOX – Termo utilizado para a academia de CROSS FIT, local onde se pratica a modalidade.
  • COACH – Professor
  • PR – Personal record ou Recorde pessoal.
  • SCALE – Categoria Iniciante.
  • RX – Categoria avançada.

Uma vez dentro do BOX, é muito importante que você entenda como funciona a estrutura da aula, como será a sua metodologia de aprendizado.

  • STRETCHING – Alongamento
  • WARM-UP – Aquecimento
  • SKILLS – Técnica
  • STRENGTH – Força
  • WOD – Workout of the day – Desafio do dia.
  • ROUNDS  “rondas” que é o mesmo que series;
  • AMRAP – As many rounds/reps as possible: séries/Repetições Possíveis num determinado período de tempo;
  • EMOM – Every Minute On the Minute: executar uma sequência de exercícios dentro do minuto e descansar no restante do tempo.
  • FOR TIME – Terminar o treino proposto até o tempo estabelecido.

E se você pensa que parou por aqui, segue mais alguns dos nomes que precisa saber em relação aos exercícios que serão praticados no seu cotidiano:

  • AIR SQUAT/SQUAT – Agachamento livre sem carga.
  • BACK SQUAT – Agachamento livre com a barra nas costas.
  • BURPEE – salto com flexão no chão.
  • FRONT SQUAT –  Agachamento frontal;
  • CHEST TO BAR (CTB/C2B) – Elevações na barra em que o peito toca obrigatoriamente na barra;
  • CLEAN – Movimento do levantamento olímpico que consiste em levantar o peso desde o chão (ou coxas) até aos ombros. É o primeiro tempo do arremesso;
  • CLEAN & JERK –  Arremesso, movimento do levantamento de peso olímpico feito em duas etapas para tirar uma carga do chão e levá-la para cima da cabeça;
  • DB –  dumbbell ou halter;
  • DEADLIFT – Peso morto/levantamento terra, movimento do levantamento de peso básico em que o objectivo é apenas tirar uma carga do chão até o corpo estar erecto;
  • DOUBLE UNDER – Salto duplo de corda, ou seja, dar 2 voltas com a corda pelo corpo apenas num salto;
  • HANDSTAND PUSH-UP –  Flexão invertida (pode ser feita encostado em uma parede ou sem apoio);
  • HANDSTAND WALK – Caminhada com as mãos em flexão invertida;
  • HANG SNATCH/CLEAN – Suspensão, é para o movimento ser iniciado com a barra fora do chão, normalmente à altura dos joelhos;
  • HANG SNATCH –  Arranque da cintura para cima da cabeça;
  • JERK – É o segundo tempo do arremesso;
  • OVERHEAD SQUAT (OHS) – Agachamento feito com a barra acima da cabeça, antes de começar o exercício há uma elevação da barra acima da cabeça e em seguida é realizado o agachamento sempre com os braços estendidos com a barra acima da cabeça;
  • PISTOL – Agachamento utilizando apenas uma perna de cada vez;
  • PULL UP – Barra
  • PUSH UP – Flexão de braço
  • RING DIP – Paralela na argola.
  • RING PUSH UP – Flexão na argola.
  • ROPE CLIMB – Escalada na corda.
  • SINGLE UNDER – Salto simples na corda.
  • SNATCH – É o arranco, movimento do levantamento de peso olímpico que consiste em levar o peso desde o chão (ou coxas) até a posição sobre a cabeça;
  • SQUAT – Agachamento.
  • STRICT PULL UP – Elevações normais na barra em que o queixo tem que passar a barra para contar como repetição, o uso de kipping não é permitido, são as elevações usadas na instrução\recrutamento militar;
  • PUSH PRESS – Elevação da barra saindo dos ombros e finalizando acima da cabeça.
  • THRUSTER – Agachamento frontal com a barra, ao subir, realizar um push press.
  • WALL BALL – Realizar um agachamento com a bola, ao subir é necessário jogar a bola na altura indicada.
  • TOES TO BAR – Pendurado na barra, elevar os dois pés e tocar a mesma.

Esse é apenas um dos diversos desafios que o ESPORTE proporciona, acredito que após uma breve passada em nosso conteúdo, você já se sinta mais confiante para entrar de cabeça em nosso universo, o difícil, vai ser sair!!!

Vem pra STARK !!!